Seja bem vindos ao meu blog! :)
RSS

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Delicadezas do amor!


Perguntei a mim mesmo o motivo do desligamento, o porque não conseguia mais sentir o que sentira a minutos atrás, sua visão não me enchia mas os olhos com a ternura habitual, os sonhos ainda são povoados por você, quase todos eles,pensar em você me abraçando, me roubando beijos que eu desconhecia até então, isso ainda existe! mas paira a sombra que é a dúvida, está embaçado o nosso velho amor,é ele se tornou velho!não queríamos,acontece!da forma como comecei a amar-te também deixei de te amar, ou estarei sendo um tanto precipitada? A gente sempre acha que pode dar uma segunda chance, achando que estamos numa fase, mas eu sei quando acontece comigo, simples, eu posso sentir, quando meu coração fala comigo,não me culpo, mas também não me absolvo, não estou mais tentando entender, desde o dia em que observei um pouquinho o mundo, percebi que é realmente loucura tentar entender certas coisas, hoje só preciso saber que você existe, isso é suficiente!sou a mesma, apenas com aquela velha dorzinha no coração, é, está tudo inquieto novamente, estou na louca procura do caminho de meu coração, se não consegues entender isso, é porque te falta delicadeza para as coisas do amor.

1 comentários:

Zigiefrid ou Rubéns disse...

Tanto entendo quanto te oferto o consolo que os meus ombros possam ter. A vida é assim mesmo. O instante é aquela partícula de tempo em que o pneu do carro rodando em alta velocidade toca o chão, depois deixa de tocar para tocar novamente. Nesse interim, a vida se esvai para encher-se novamente...